Óbidos é uma experiência que todo turista que visita Portugal deveria ter. É uma vila medieval encantadora por si mesma. Basta perder-se pelas suas ruelas, caminhar cuidadosamente pelas suas muralhas e, claro, experimentar a Ginjinha, licor de ginja (também conhecida por cereja ácida ou amarena) típico da região.

Óbidos exala magia por todos os lados. Até mesmo a sua história. Você sabia que o Rei D. Dinis ofereceu a vila como presente de casamento para a sua amada Rainha Santa Isabel? A partir daí, mais precisamente até 1834, a vila passou a ser oferecida como dote.

A sua história remonta ao período antes de Cristo, tendo diversos povos, como romanos, mouros, visigodos, por lá passado. Óbidos foi tomada aos árabes pelo Rei D. Afonso Henriques, em meados de 1148. Alguns dos seus antigos traços foram destruídos com o terremoto de 1755 que atingiu a vila.

Sem dúvidas, a principal atração turística de Óbidos consiste no Castelo de Óbidos, que data do Séc. XVIII e foi considerado uma das sete maravilhas de Portugal. Atualmente, este castelo funciona como uma pousada administrada pelo grupo Pestana.

A cidadela em si é uma verdadeira joia, rodeada por muralhas e composta pelas suas típicas casinhas com detalhes em azul e em amarelo. É só passar pela “Porta da Vila”, com seus detalhes em azulejo português, para mergulhar nos encantos medievais que a cidadela de Óbidos oferece.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode usar essas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close