Lisboa tem crescido muito nos últimos anos em todos os sentidos e também no campo da gastronomia. Na tentativa de conhecer os novos restaurantes que estão surgindo, visitamos o Iso Lisboa.

Escondido na calçada do livramento, em Alcântara, está localizado o Iso Lisboa, um restaurante comandado pela chef Joana Diniz onde se respira elegância. A entrada é feita através de um corredor envolto em plantas, onde ao fundo se lê “Iso”. A decoração é moderna e une o requinte com a história de Lisboa.

Explicamos: o Iso Lisboa ocupa um dos espaços da Casa de Goa e está rodeado pela antiga muralha que um dia protegeu a cidade de Lisboa. Como forma de deixar o ambiente ainda mais cativante, o restaurante colocou paredes de vidro, aproveitando-se da envolvência da intacta muralha que está ao seu redor.

Na primavera, o Iso Lisboa contará com um rooftop bar para cerca de 90 pessoas com uma vista privilegiada para o Tejo.

Fomos recebidos pelo simpático Robson Franco, sommelier da casa, que gentilmente nos levou até a nossa mesa. A nossa experiência começou com dois cocktails de assinatura: o Iso Gin, feito com gin, manjericão e limão; e o Goan, composto por Gin Saffron, especiarias indianas e lima. O primeiro era fresco e muito agradável. O segundo era mais intenso com um toque de gengibre. Ambos acompanharam muito bem o couvert, composto por uma seleção de três diferentes pães (pão de trigo barbela, pão de sementes e pão alentejano), que variam todos os dias, e de manteigas (natural, sementes e salsinha e cebola).

Para acompanhar a nossa refeição, o sommelier da casa nos indicou o vinho tinto da Quinta de Panças reserva, da região de Lisboa.

Croquete de leitão com cebola caramelizada

Como entradas, experimentamos o croquete de leitão com cebola caramelizada, que estava ótimo: crocante e saboroso.

Depois, passamos para o ceviche de corvina com purê de batata vitelotte e leite de tigre. O prato nos pareceu bastante equilibrado. A doçura da batata cortava a força do leite tigre.

Foie gras – estrela da noite

Para fechar as entradas com chave de ouro, provamos o foie gras salteado com couve flor caramelizada com ras el hanout e pickle da mesma e laranja caramelizada. Acreditamos que a palavra que melhor descreve essa entrada é “sensacional”. O foie gras dissolvia em nossa boca e os acompanhamentos cortavam a gordura do foie gras, deixando a experiência extraordinária. Só de relembrar o prato, já estamos salivando.


Salmonete com molho holandês de estragão, vegetais da horta e cheróvia frita

O primeiro prato principal que experimentamos foi o salmonete com molho holandês de estragão, vegetais da horta e cheróvia frita. O salmonete estava saboroso e muito bem cozinhado e os vegetais eram cozinhados al dente, o que dava uma crocância interessante ao prato.


Carré de borrego com crosta de coentros, puré de açafrão e legumes verdes.

O segundo prato principal que experimentamos, com inspiração Goesa, foi o carré de borrego com crosta de coentros, puré de açafrão e legumes verdes. A carne do borrego soltava facilmente do osso e era muito macia e saborosa. Sem dúvidas, um prato a repetir numa próxima visita ao restaurante.

Terminamos a refeição com o crocante de chocolate com mascarpone e lima, crocante de café e marmelada de amêndoa.


Crocante de chocolate com mascarpone e lima, crocante de café e marmelada de amêndoa

Para finalizar, duas informações muito importantes. O ISO Lisboa funciona de terça a sexta-feira ao almoço e ao jantar e aos sábados apenas ao jantar. Além disso, é um dos poucos restaurantes “kids friendly” em Lisboa, uma vez que durante a primavera contará com um espaço para as crianças brincarem à vontade.

ISO Lisboa


Endereço: Calçada do Livramento, 17, Alcântara, Lisboa
1350-111 Lisboa
– Portugal
Telefone: (+351) 213970194
Site: http://iso-lisboa.pt/

Sobre o autor

Close