Organizar uma viagem para o exterior significa confirmar, antecipadamente, quais são os documentos necessários para a sua entrada e permanência no País estrangeiro. Infelizmente, tenho visto nas minhas últimas viagens que as pessoas não têm tido essa preocupação. Justamente por isso, resolvi escrever sobre o tema aqui no blog, começando com a exigência do seguro viagem.

O seguro viagem internacional é obrigatório para a entrada de brasileiros em Portugal. De logo, aviso que não basta ser qualquer seguro internacional, é preciso que o seguro escolhido tenha uma cobertura igual ou superior a €30.000,00 (trinta mil euros) e que inclua situações de despesas imprevistas, inclusive aquelas relacionadas com assistência médica e repatriamento.

A exigência do seguro viagem decorre do Tratado Schengen, do qual Portugal é signatário, e vale, tanto para viagens turísticas, que, no caso dos brasileiros, independe de solicitação prévia de visto, quanto para os demais casos, a exemplo das viagens para estudo e para trabalho.

Nossa dica:

Antes de contratar um seguro viagem internacional numa operadora especializada, verifique se o seu cartão de crédito dispõe dessa opção. Aliás, confirme essa informação antes de comprar a sua passagem aérea. Normalmente, exige-se que a compra da passagem tenha sido feita com o cartão de crédito para que se possa utilizar o mencionado benefício.

Sobre o autor

Close